07/08/2013 - Passageiro saberá pelo celular se ônibus está perto

Com o sistema, os usuários do transporte coletivo público poderão ter acesso à situação do percurso

“Será que meu ônibus vai demorar a passar?”. Essa pergunta comum dos usuários do transporte público tende a acabar. Mapear a localização dos coletivos, informar o tempo de chegada até determinado ponto e calcular qual dos ônibus chegará primeiro é sonho dos usuários desse tipo de transporte que pode estar perto de se tornar realidade em Belo Horizonte.

As longas esperas nos pontos de ônibus podem diminuir, ou pelo menos serem melhor administradas, graças a uma nova tecnologia adotada em São Carlos, São Paulo. Trata-se do BusAlert, um equipamento que tem o objetivo de melhorar a acessibilidade e a mobilidade das pessoas, de forma simples e eficiente.

Por meio de um aplicativo instalado no celular ou no tablet, o equipamento permite que os usuários realizem a consulta da situação do coletivo para saber a distância em que o ônibus está do ponto de embarque.

“Basta informar o número da linha do ônibus e o número do ponto. O sistema opera com áudio habilitado durante toda a navegação entre as telas do aplicativo, mantendo o usuário sempre informado sobre necessidades a cada ação executada no dispositivo. Isso vai facilitar, inclusive, a operação por portadores de cuidados especiais”, disse Sérgio Soares, diretor do Grupo Criar.

Deficientes visuais

Além de São Carlos, o sistema está em funcionamento em Campinas, também no interior de São Paulo.

Deficiente visual total, o massoterapeuta Antônio Carlos da Silva foi até São Carlos para experimentar a nova tecnologia. “O BusAlert é bom para qualquer pessoa porque ninguém gosta de esperar tanto tempo um ônibus. Para nós, deficientes, o aplicativo traz liberdade, autoconfiança e independência. Gostei tanto que apresentei a ideia à BHTrans, que entrou em contato com a empresa”.

A BHTrans informou que pretende testar o dispositivo e fazer um piloto, o que está sendo analisado junto á Comissão do Conselho Municipal de Pessoas Portadoras de Deficiência.

Fonte: Portal Jornal Hoje em Dia